RSS

Arquivo da tag: política

Assim são as Alagoas…

Publicado no Perfil do Facebook

Aqui em Alagoas acontecem fenômenos dignos de estudo: contamos com um dos menores estados da federação, menos gente, menos espaço, deveria ser mais fácil administrar o dinheiro público, né?! Mas não, temos a pior educação, pior saúde, pior segurança, pior tudo!

Este mesmo lugar pequenininho é capaz de exportar políticos de grande influência no cenário nacional. Presidentes da República: dois marechais e um eleito pelo povo e expulso (ou pediu para sair) pelo Congresso (o único); hoje temos um dos mais influentes no xadrez político nacional, e outra penca de senhores que já estão por lá há tantos anos (ou seriam décadas?), que são considerados “perpétuos” em Brasília. Mesmo com tanta influência continuamos recordistas em péssimos índices!

Mas não é só isso. Nesta terra de miseráveis, temos um verão digno de Côte D’azur. “Que galera endinheirada é essa, mermão?!”, parece até que ouço algum cantor baiano dizendo isso… Enfim… São tantos os novos milionários, que Alagoas é o segundo (óh, não é o primeiro!) em crescimento do número de novos milionários no Brasil.

Que estado é este de tantas contradições? Deveríamos ser objeto de estudo detalhado.

Um povo que fala tanto em política, sabe tanto, entende tanto, esculhamba tanto, mas que não se furta ao privilégio da pulseira arranjada para um réveillon “esbanjamento” na beira da praia, todos bêbados de chandon fica difícil identificar os “companheiros de luta” e os “coxinha”, né?!

Enfim… Dias, meses e anos vão passando e o que muda é tão pouco que a gente nem sente. Certeza mesmo, só de que Tiriricas não brotarão de solo alagoano, isso porque, se não ficar como está, “sempre pode piorar”!!!

Chega de hipocrisia!!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 15/01/2014 em Facebook

 

Tags: , , , , , , , , , , , ,

O homem Politicamente Alagoano – Vanildo Neto

Durante todo este mês de abril, a CBN Maceió abriu espaço para blogueiros alagoanos. A ideia surgiu do apresentador Manoel Miranda e, a cada terça-feira, um blogueiro de Alagoas é entrevistado sobre seu blog, os temas que o inspiram e sua história nas mídias sociais.

Nesta terça-feira, às 11h, o entrevistado será Vanildo Neto, natural de Maceió, mas de família Rio Larguense, idealizador e escritor do Blog Politicamente Alagoano, que já está disponível no endereço http://politicamentealagoas.blogspot.com.br/ há dois anos.

Politicamentealagoano

Palavras ao Vento: Quem é Vanildo Neto?

Vanildo Neto: Um observador e admirador da política bem aplicada.

PaV: Onde trabalha/estuda? Qual a sua formação? O que gosta de fazer nas horas vagas?

VN: Apesar de muitos pensarem que sou formado em Direito, só por causa do tema do blog, tenho graduação em Administração de empresas. Nas horas vagas gosto de ficar na internet, visitar os amigos, assistir séries, jogar vôlei, ficar com a namorada boa parte do tempo. rss…

PaV: Por que decidiu escrever um blog? Como nasceu o blog Politicamente Alagoano? De onde surgiu o nome?

VN:     Sempre gostei de dar minha opinião, tudo começou ainda no Orkut, onde existiam as comunidades e seus fóruns de discussão, então sempre aconteciam vários debates em várias comunidades diferentes. Cidades, política, futebol.

Depois do Orkut, conheci o twitter, onde o microblog proporcionava expressar minha opinião mais abertamente e como bem entendesse, mas o twitter que limita em 140 caracteres suas publicações estava ficando pequeno para os textos que eu queria publicar e quando eu via vários amigos com seus blogs e seus temas específicos eu achava massa ter um espaço assim, então decidi criar um com um tema que sempre me interessou, até por que os nossos políticos proporcionam temas a todo instante, cada um mais absurdamente inacreditável que o outro.

Eu não queria utilizar meu nome para o blog, queria criar uma marca, como tinha acabado de assistir o DVD do Danilo Gentili com o nome de Politicamente Incorreto, eu queria utilizar algo nesse sentido, gostei muito da força do nome “Politicamente” e como eu também queria inserir o nome de Alagoas no Blog saiu o “Politicamente Alagoano”.

PaV: O que te inspira?

VN: O que me inspira é meio controverso. O que me inspira é a indignação que me toma por conta dessa politicagem que assola não só o Brasil, mas principalmente Alagoas, a atuação descarada de boa parte desses representantes que só trabalham em beneficio próprio, pinta e borda, mas no final acaba se reelegendo pelo mesmo povo que sofre os 4 anos. Onde também o que me inspira são as boas práticas de outra boa parte da população se mostra mais politizada e tenta de certa forma ajudar a conscientizar quem ainda insiste em votar por benefícios individuais. Blog do Ricardo Mota, Blog do Vilar e Blog do Marques me inspiram!

PaV: Qual o melhor momento para escrever?

VN: O melhor momento é quando vem a inspiração. Pode ser dia, tarde, noite ou madrugada. Quando vem se faz necessário que você escreva antes que elas sumam (rss…). Se você não assim fizer, capaz do texto não sair como o esperado.

PaV: Com que periodicidade publica?

VN: Não tenho uma quantidade exata, como disse quando a inspiração vem é inevitável, tem semana que escrevo quase que diariamente, mas também tem semanas que não sai nada.

PaV: Recebe colaboração de outros escritores?

VN: Sim, com certeza. Tenho amigos que esporadicamente me enviam texto para que eu publique no blog, claro que antes leio para ver do que se trata e que tema aborda, acho massa que eles enxerguem meu blog como um canal que eles possam se expressar. O último texto mesmo eu achei numa revista de 2010 e que não havia registro na web e um tema que acho de extrema relevância para Alagoas e Rio Largo (Texto: COMENDADOR TEIXEIRA BASTO).

PaV: O que o motiva a escrever? O que você pretende com o blog?

VN: O que me motiva é mostrar a desigualdade que muitas vezes os portais de noticias não dão a mesma ênfase, publicam, mas não desenvolvem nada, fica como fosse algo irrelevante e muitas vezes não é, e merece mais destaque. COMO > (texto: O DESCASO POUCO REPERCUTIDO )

PaV: Que mensagem você deixa aos seus leitores? E a outros blogueiros?

VN: Que continue nos acompanhando, interagindo, é importante o contraponto onde ele discorde do meu ponto de vista, assim construímos a democracia. E que os outros blogueiros continuem a escrever, mesmo quando ele não ache que está havendo reconhecimento ou se desmotive por algum outro motivo… é importante fortalecermos cada vez mais os formadores de opinião independente, que escreve com a imparcialidade e levando em conta suas convicções e desejos.

Forte abraço em todos!

Vanildo Coelho Lima Neto

 
1 comentário

Publicado por em 06/05/2013 em Blogs na CBN Maceió

 

Tags: , ,

Carta aberta aos políticos que usam as redes sociais

Na condição de cidadã que utiliza as redes sociais como ferramentas de fiscalização e cobrança, solicito aos agentes políticos inseridos nestas mídias virtuais que as usem pessoalmente, individualmente e sem atravessadores.

Google Images

Aqueles que se julgam ocupados demais para realizar tal tarefa, seja honesto, ao menos virtualmente (o exercício é bom e faz bem a todos), e informe sua opção pelo assessoramente virtual. Explico.

O uso das redes sociais por políticos, antes de ter finalidade prestacional, tem o condão de aproximar os cidadãos de seus representantes, viabilizando a cobrança e a sugestão direta ao agente público por aqueles que o elegeram, ou, ainda que não tenham sido seus eleitores, por aqueles que têm o direito e o dever constitucional de fiscalizar as ações que influenciam na sociedade.

A assessoria em redes sociais não é abominável, é até bastante interessante se a ideia é institucionalizar o perfil, no entanto, há de ser sincero na informação. Não é educado deixar cidadãos inocentes achando que se comunicam diretamente com um representante do povo, e que seus argumentos são lidos, absorvidos e registrados.

O que se vê é o crescente número de perfis assessorados entre os políticos, não só os recentemente criados, mas também perfis antigos têm adotado a prática. Lamentável.

Google Images

Clamando por honestidade nas redes sociais e por clareza nas postagens, despeço-me, esperando que a postura dos representantes do povo seja reta, inicialmente por meio virtual, mas torcendo para que num futuro próximo a prática se torne uma constante nas ações reais.

 
7 Comentários

Publicado por em 02/10/2011 em Política

 

Tags: ,