RSS

Arquivo da tag: aeroportos

AEROPORTO INTERNACIONAL TOM JOBIM

Interessante relatar as experiências nos aeroportos pelos quais passei desde o início da viagem.

Quanto ao Aeroporto Internacional Tom Jobim – Galeão -, no Rio de Janeiro, este conta com um fluxo intenso de aeronaves e passageiros. Nada comparado ao nosso modesto Zumbi dos Palmares. No entanto, sua estrutura é péssima. Sem mencionar o conhecido problema com transporte público, em especial os táxis, no entanto, ater-me-ei apenas ao que pude constatar.

Não foram poucos os descasos constatados, desde a péssima condição de conservação e higiene dos banheiros, até a absurda situação de nos depararmos inesperadamente com uma enorme lata de lixo bem no meio de uma passagem porque esta está sendo usada para aparar as gotas que caem do teto com infiltração.

Pois é, caro leitor. O país da Copa e das Olimpíadas tem muito a fazer e a se ajustar. Engana-se quem pensa que por se tratar de momento de festa e confraternização universal o consumidor será menos exigente, não mesmo! O Brasil ainda está se firmando e não pode perder a oportunidade de mostrar-se preparado para quaisquer disputas com as grandes potências.

Opinião minha: O Brasil já tem problemas demais a serem resolvidos com o povo brasileiro para pensar em ser respeitado internacionalmente. Um país que admite que ainda haja crianças nas ruas, homicídios em níveis chocantes, analfabetismo crítico, falta de transporte, saúde, saneamento, educação, segurança e todo o resto – ainda que em condições básicas -, não tem o respeito nem de seus compatriotas, que dirá do mundo. Há coisas,, que jamais poderão ser maquiadas.

Ressalto ainda que no embarque para os Estados Unidos fomos surpreendidos por um batalhão de funcionários da companhia aérea com detectores de metal à porta da aeronave. Já havíamos passado pela esteira e pela porta, como em todo embarque, procedimento necessário para ter acesso à sala, mas parece que o procedimento de maior segurança tem sido uma constante em voos com destino aos EUA.

 

 
1 comentário

Publicado por em 12/02/2012 em Aeroportos, Diário de Viagem

 

Tags: ,

AEROPORTO INTERNACIONAL ZUMBI DOS PALMARES

Interessante relatar as experiências nos aeroportos pelos quais passei desde o início da viagem.

Partimos do nosso pequeno e aconchegante Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares. Nome imponente para um aeroporto com tão pouco fluxo. Construído há alguns anos e com a promessa de viabilizar o incremento do turismo alagoano, mas que, por muito pouco, não é considerado mais um “elefante branco”.

Longe de mim tecer quaisquer críticas ao nosso pequeno e imponente aeroporto internacional. Afinal, é o conforto dele que recebe e despede-se dos viajantes pelos ares afora.

Alagoas sempre teve mesmo um quê de megalomania, todavia, o aeroporto era algo de que realmente precisávamos e do qual devemos nos orgulhar, ainda que sua utilização esteja tão aquém de suas possibilidades.

Enfim, o Zumbi dos Palmares está em ótimas condições de operacionalidade, ao menos aparentemente, se considerarmos que sua utilização é, ainda, bastante limitada. Falta-lhe free shop, afinal, aeroporto internacional que se preze mantém o espaço destinado ao comércio livre de taxação.

Também faltam opções para alimentação dentro da sala de embarque, pois a restrição de opções, além de encarecer ainda mais o serviço que por si já é custoso, também acarreta em filas consideráveis, lembrando que quem está aguardando voo nem sempre tem tempo a perder em filas.

Obs.: O que mencionei sobre o free shop, esclareço que, sei por conta de viagens anteriores, pois a que fiz desta vez era voo doméstico, meu destino: Rio de Janeiro. Não havia voo direto entre Alagoas e Estados Unidos. Mesmo o aeroporto sendo internacional as rotas entre países são muito poucas, normalmente apenas voos charters.

Dica: Não esquecer de pedir para a atendente computar suas milhagens no ato do check-in, e em todos os demais check-ins feitos pelo mesmo grupo aéreo.

Dica 2: Sempre que fizer viagens de avião procure dar preferência a roupas mais confortáveis e não esqueça um agasalho. Procure evitar roupas que precisem de cinto e possuam detalhes metálicos, uma vez que é possível que sempre que se submeter à esteira e à porta de detecção de metais possa haver transtorno. Também não é aconselhável o uso de botas, pois, provavelmente, será requisitado que as retire para revista.

Dica 3: Não é permitido o embarque em bagagem de mão de material cortante, pontiagudo, ou de líquidos em quantidade superior à 100mL (ainda que em diversos frascos), e em quantidade inferior apenas se devidamente embalado em saco plástico.

 

Mais sobre o Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares no Blog de Maikel Marques.

 
1 comentário

Publicado por em 12/02/2012 em Aeroportos, Diário de Viagem

 

Tags: , ,