RSS

Arquivo da categoria: Facebook

Assim são as Alagoas…

Publicado no Perfil do Facebook

Aqui em Alagoas acontecem fenômenos dignos de estudo: contamos com um dos menores estados da federação, menos gente, menos espaço, deveria ser mais fácil administrar o dinheiro público, né?! Mas não, temos a pior educação, pior saúde, pior segurança, pior tudo!

Este mesmo lugar pequenininho é capaz de exportar políticos de grande influência no cenário nacional. Presidentes da República: dois marechais e um eleito pelo povo e expulso (ou pediu para sair) pelo Congresso (o único); hoje temos um dos mais influentes no xadrez político nacional, e outra penca de senhores que já estão por lá há tantos anos (ou seriam décadas?), que são considerados “perpétuos” em Brasília. Mesmo com tanta influência continuamos recordistas em péssimos índices!

Mas não é só isso. Nesta terra de miseráveis, temos um verão digno de Côte D’azur. “Que galera endinheirada é essa, mermão?!”, parece até que ouço algum cantor baiano dizendo isso… Enfim… São tantos os novos milionários, que Alagoas é o segundo (óh, não é o primeiro!) em crescimento do número de novos milionários no Brasil.

Que estado é este de tantas contradições? Deveríamos ser objeto de estudo detalhado.

Um povo que fala tanto em política, sabe tanto, entende tanto, esculhamba tanto, mas que não se furta ao privilégio da pulseira arranjada para um réveillon “esbanjamento” na beira da praia, todos bêbados de chandon fica difícil identificar os “companheiros de luta” e os “coxinha”, né?!

Enfim… Dias, meses e anos vão passando e o que muda é tão pouco que a gente nem sente. Certeza mesmo, só de que Tiriricas não brotarão de solo alagoano, isso porque, se não ficar como está, “sempre pode piorar”!!!

Chega de hipocrisia!!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 15/01/2014 em Facebook

 

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Que venha 2014!

Dois meses sem postar no “Palavras ao Vento” e sentindo-me extremamente displicente com aquele que é meu xodó. Vou tentar me redimir começando o ano com o “pé direito” e programando publicações diárias – ou mais atualizadas possível.

 Republicado do perfil pessoal do Facebook

Não posso dizer que esse ano de 2013 tenha sido diferente. Ri, chorei, conquistei, perdi, fiz amigos, perdi quem julguei ser amigo, cresci, caí, comi muito (preciso perder 6kg), bebi um pouco menos (meta sendo batida), li menos, bem menos; trabalhei muito, bem muito; escrevi menos, tive menos tempo, caminhei menos, mas ganhei mais amigos, ganhei mais conhecimento, ganhei mais carinho, ganhei mais amor, ganhei o verdadeiro amor…

Ano de surpresas, ano de revelações, ano de superações, ano de muitas apurações, ano de crescimento, ano de viagens, ano de superlativos…

Em 2013 vivi tantas coisas legais, muitas que se repetiram ao longo do ano, sinto-me mais madura, sinto-me pronta…

Novas metas estabelecidas, novos passos planejados…

Que 2014 seja exatamente como 2013 foi, lindo, repleto de amigos, os melhores, os mais compreensivos, os mais debochados, os mais queridos.

Meu orgulho é ter amigos, melhores amigos e não meio-amigos…

Aos verdadeiros, tudo!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 01/01/2014 em Facebook, Variedade

 

Tags: , , ,

Recado a Teo Vilela e a Dário César

Sr. Governador Teotônio Vilela e Secretário Dário César,

Espero que este recado chegue aos senhores e a todos os responsáveis pela segurança pública do meu estado, em especial da capital, onde resido.

Hoje, pela milésima vez, mais um carro foi assaltado, mais um aluno foi roubado, na porta da faculdade. Eu e algumas centenas de jovens adultos estudam à noite no Cesmac (Fecom, vizinho à Tv Pajuçara) e nos sentimos amedrontados. O medo é tanto que já não ando até meu carro, corro. Já não espero as aulas terminarem, pois quanto mais tarde, menos gente e mais perigoso.

Recentemente soube de uma garota que foi estuprada na ladeira da catedral, sim, ali, vizinho à ALE, um dos poderes instituídos do estado. Não aguento mais viver com medo, não aguento mais sair e não saber se volto, não aguento mais temer por meus entes queridos.

Óbvio que clamor como este os senhores já ouviram de muitas pessoas, vítimas reais de um crime real, pessoas que perderam bens ou familiares, eu não perdi nem um e nem outro (ainda, tenho consciência disso), mas não quero ser a próxima!!

Cansei! Estou cansada! Não aguento mais viver assim… Brasil mais seguro? Só se for nos castelos onde os senhores moram, com seguranças armados e pagos pelos impostos que eu recolho.

Estou desabafando porque cansei até de ficar engasgada! Tomem uma providência de vergonha, de respeito! São homens e mulheres que constroem esse estado, que justificam seus salários, que alimentam suas famílias….

 

Veja comentários no Facebook!

 
1 comentário

Publicado por em 15/10/2013 em Facebook

 

Tags: , , , ,

Fofocas não agregam, mantenha o foco

Publicado no Facebook

Dia desses publiquei aqui uma frase que é atribuída à Madre Tereza “Quem julga as pessoas não tem tempo de amá-las.”

Coincidentemente, nos últimos dias tenho ouvido tantas histórias de fofocas políticas inacreditáveis que sequer deveria comentar aqui com vocês, mas minha chateação é a forma como fofocas são displicentemente disseminadas como uma doença contagiosa…

Normalmente a “estória” tem conotação sexual… A mulher é quenga, “chegou onde está por seus favores lascivos…” O homem é viado, “apesar de ter tanto sucesso, é um gay enrustido…”

Ainda mais revoltante é que a mulher nunca tem competência, sempre – em algum momento de sua história profissional – submeteu-se ao “sofá” de alguém para alcançar o que quer que tenha sido.

E, pior, se não tiver alcançado coisa alguma, a “desculpa” é a mesma: “é quenga, não se dá valor…”

Salientando-se as raras exceções onde as fofocas são mesmo verdades, o fato é que se gasta muito tempo a falar da vida alheia e a julgá-la como se não tivesse seus próprios segredos inconfessáveis…

Custa nada manter o foco, procurar ajudar e contribuir para um amanhã melhor…

Bom dia, amigos!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 23/07/2013 em Facebook

 

Trilha sonora de uma vida: JQuest

Publicado no Facebook

Aos 11 anos passei 1 mês no Rio de Janeiro, morando num apartamento na Av. Princesa Isabel (Leme), quando senti, pela primeira vez, a “alagoanidade” que me acompanharia por toda a vida…

Num elevador senti vergonha por ser da “terra do Collor [na verdade, carioca] e do PC”, na época recém expulsos do poder!

Desde então que tudo “me doi”… Se elegemos Renan, se elegemos Collor, se reelegemos petistas, se perdemos a copa do mundo, se o flamengo perde pro Vasco… Tudo é motivo!

E hoje, mais uma vez… Acabei de chegar do show do JQuest. A banda foi a trilha sonora de toda as fases da minha vida…

Ja fui dormir cantando “vento traz você de novo…” rezando a Deus que me trouxesse a melhor amiga que perdi eternamente ainda no início da adolescência…

Ja mandei por SMS a música “So Hoje” para aquele que acreditei ser o homem da minha vida…

Ja cantei dirigindo e chorando para “encontrar alguém que me dê amor”…

Escrevo, rescrevo, penso, esperneio, grito e passo os dias: “Vivendo e esperando dias melhores, (…) dias em que seremos para sempre…”

Mas o que me emocionou mesmo foi Flausino mencionar o momento histórico em que vamos às ruas para pedir por mudança e ele dizer “eu não poderia deixar de passar por Maceió e por Alagoas sem mencionar isso… Principalmente aqui, não poderia”!

Verdade, Flausino não poderia passar pela terra dos marechais e não mencionar o momento histórico… E eu não poderia deixar de me emocionar com as palavras do cantor que pouco sabe sobre nós e esse pouco é tão suficiente que, realmente, passar por Alagoas e não mencionar a força do povo na resistência contra os feudos modernos, o coronelismo atual e o latifúndio que permanece, seria alienação, seria inapropriado, seria…. Conveniente!

Boa noite, amigos!!

Desejemos “dias melhores”…

 
Deixe um comentário

Publicado por em 20/07/2013 em Facebook

 

Tags: ,

A idade chega para todos…

1069271_4439244517660_1874738284_n

Publicado no Facebook

Lembro de quando, ainda pequena, ia ao supermercado com minha mãe e ela cumprimentava alguém, me apresentava, a pessoa me dizia que eu era exatamente igual à minha mãe na minha idade, e mainha explicava que aquela era uma pessoa amiga desde a infância…

Não conseguia entender como elas se reconheciam, não conseguia imaginar nem minha mãe e nem o tal conhecido na infância…

Hoje é aniversário de meu pai, e no primeiro telefonema que recebeu disse: “pois é… Meia cinco [65 anos]… Quem diria?! Jamais imaginei chegar a essa idade”!!

E é assim mesmo… Não imaginamos como as pessoas eram quando tinham a nossa idade, e nem nos imaginamos em idade mais avançada.

Mas o mais legal são as histórias, as amizades e os momentos que colecionamos…

Meu pai hoje aniversaria, com a idade nova vem ainda mais admiração, respeito e amor…

E, claro, desculpas para sair da dieta, porque Dona Janilda (minha mãe) caprichou no jantar!!

Boa noite, amigos!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 18/07/2013 em Facebook

 

Tags: ,

Quem é burro mesmo?

Dilma não é burra, nunca foi! Escolhida por Lula para suceder-lhe, Dilma assumiu esse país com a missão primeira de dar continuidade às políticas de Lula…

Por serem pessoas diferentes e com perfis diferentes, assim como pelo fato de a conjuntura política, social e econômica serem diferentes, as coisas não estão exatamente como se esperava…

Mas burro? Ah, de burro só o povo mesmo!!

O povo que reclama das manifestações, que reclama da classe media, que reclama que não são os pobres que estão nas ruas, que reclama porque quem tomou as ruas nunca o fez antes, que reclama porque faltam reivindicações, que reclamam porque são “coxinhas”…

Ora, amigos, parem de reclamar, parem de despeito!! Recuperem suas antigas pautas e tragam para a atualidade… Ir para as ruas não é ser contra a presidenta ou os partidos, não é ser contra o passado e a favor do futuro… É, simplesmente, indignar-se e reverberar! É ser jovem, mesmo com muita idade! É ver-se pertencer a uma massa que não quer ser modelável!

E antes que as reclamações recaiam sobre a superficialidade das manifestações… Vai lá, faz melhor e inspire reivindicações novas!!!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26/06/2013 em Facebook

 

Tags: ,