RSS

Tokyo: Ginza – surpresa, gentileza e limpeza

20 ago

Retomando a postagem anterior, que acabou se estendendo mais do que o esperado, conto a vocês a segunda parte do dia.

Depois do tour fomos à região de Ginza, que é o centro empresarial onde estão reunidas as lojas mais caras e os empreendimentos mais ricos do mundo (ocidental e oriental). Desde lojas de carros, até roupas, acessórios, comida e tudo o mais que seja caro ou rico.

Segundo os japoneses, o metro quadrado nesta região custa a bagatela de 200 mil dólares ou 2 milhões de yens. Realmente caríssimo!

Almoçamos num restaurante aconchegante num primeiro andar, onde o térreo era a “fabriqueta de massas”. A culinária era chinesa, mas só descobrimos quando fomos escolher os pratos (ou alguém acha que eu sei distinguir os ideogramas? Impossível!)…

Enfim, a comida simplesmente divina. Chamou a atenção de que por essas bandas ainda é possível fumar em ambientes fechados e que o japonês, tão fino, elegante e discreto, toma sopa de macarrão de uma forma bem peculiar… Eles sugam a comida e o caldo fazendo um barulho pavoroso. Logo eles que nos olham bem atravessado quando falamos alto.

Como sempre o idioma foi um probleminhas, mas contornável pela disposição e gentileza de um cliente que nos serviu de intérprete – claro que inglês-japonês. O gentil rapaz compartilhou de sua internet comigo – nesse restaurante não havia wi-fi – e mostrou pelo mapa o lugar em que eu queria chegar. Foi só salvar o mapa e facilmente pudemos encontrar o local.

IMG_6078

Almoço chinês no Japão (pois é, coisas do idioma…)

IMG_6080

Fumante dentro do restaurante chinês, em Ginza

IMG_6081

Tela do mapa salvo depois da ajuda do gentil japinha

IMG_6082

Ginza – rua

IMG_6083

Ginza – rua

IMG_6086

Ginza – rua

IMG_6087

Ginza – rua

Ponto pro japinha gentil e ponto para o Brasil, o rapaz nos disse que estava “so exciting” com a copa do mundo de 2014 e que já estava com tudo preparado para ir ao Rio de Janeiro. Legal, né?! Tem gente boa vindo ao Brasil, espero que saibamos receber tão bem.

Numa loja da Shiseido a música ambiente era Bossa Nova. Legal para brasileiros em compras e mais fantástico ainda porque nossa melodia encanta os japinhas do outro lado do mundo!! Orgulho de nossa música tipo exportação.

*******

Outra passagem interessante para contar aos amigos leitores é que a limpeza que se vê nas ruas se reflete nos carros… O japonês é um ser extremamente limpo – roupas, asseio pessoal, tudo… Meio neurose mesmo!!

Além de passarem alcool em gel ou aquoso o tempo todo nas mãos, também são extremamente metódicos com arrumação e padronização. Povo curioso!!! E admirável…

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 20/08/2013 em Diário de Viagem

 

Tags: , ,

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: