RSS

Fofocas não agregam, mantenha o foco

23 jul

Publicado no Facebook

Dia desses publiquei aqui uma frase que é atribuída à Madre Tereza “Quem julga as pessoas não tem tempo de amá-las.”

Coincidentemente, nos últimos dias tenho ouvido tantas histórias de fofocas políticas inacreditáveis que sequer deveria comentar aqui com vocês, mas minha chateação é a forma como fofocas são displicentemente disseminadas como uma doença contagiosa…

Normalmente a “estória” tem conotação sexual… A mulher é quenga, “chegou onde está por seus favores lascivos…” O homem é viado, “apesar de ter tanto sucesso, é um gay enrustido…”

Ainda mais revoltante é que a mulher nunca tem competência, sempre – em algum momento de sua história profissional – submeteu-se ao “sofá” de alguém para alcançar o que quer que tenha sido.

E, pior, se não tiver alcançado coisa alguma, a “desculpa” é a mesma: “é quenga, não se dá valor…”

Salientando-se as raras exceções onde as fofocas são mesmo verdades, o fato é que se gasta muito tempo a falar da vida alheia e a julgá-la como se não tivesse seus próprios segredos inconfessáveis…

Custa nada manter o foco, procurar ajudar e contribuir para um amanhã melhor…

Bom dia, amigos!

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 23/07/2013 em Facebook

 

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: